Como aprender qualquer coisa mais rápido

Eu sempre me pego querendo aprender alguma coisa. Sou curioso, não tem jeito. Gosto de entender o porquê das coisas, de como elas funcionam.

E para aprender algo mais rápido - e melhor - acabei testando métodos, jeitos novos para fixar o conteúdo na minha cabeça.

Nesse post eu listo pra você as estratégias mais efetivas que encontrei sobre como aprender qualquer coisa mais rápido. São dicas sobre como absorver melhor conteúdos, sobre como praticar algo que você acabou de aprender e até mesmo como dar um tempo no estudo para o seu cérebro não se sobrecarregar.

Bora?

Tenha um bom motivo para aprender

Homem lendo um livro
Você tem um bom motivo para estar estudando?

Acho que primeiro de tudo e antes de querer aprender qualquer coisa, você tem que se perguntar primeiro sobre o motivo disso. Por exemplo: por que você quer aprender a falar inglês? Você quer ler artigos no idioma, assistir a vídeos sem legenda, viajar para os EUA ou até mesmo fazer novos amigos por lá? Se você respondeu sim a alguma destas perguntas, você está no caminho certo.

Não adianta querer aprender algo novo sem um propósito definido. Sem ele, qualquer obstáculo será um motivo para você desistir do aprendizado. Isso vale pra qualquer coisa que você queira aprender.

Pode ser tocar violão, criar um aplicativo, investir na bolsa, programar, fazer artesanato, jogar tênis, não importa. Se você quer aprender algo e tem um bom motivo pra isso, você já começou bem.

Utilize várias mídias ao mesmo tempo

Pessoa escrevendo em um caderno com um tablet e um notebook
Utilize a escrita à mão para estudar, além de livros físicos, videoaulas, e-books, podcasts. Quanto mais mídias, mais o conteúdo do aprendizado é absorvido.

Uma pessoa pode até aprender algo mais rápido utilizando somente um livro, ou um curso online. Porém o aprendizado é acelerado quando utilizamos diferentes mídias para aprender sobre um mesmo assunto. Cada tipo de mídia trabalha uma parte diferente do seu cérebro, resultando assim em mais partes ativadas e um maior aprendizado.

Normalmente quando as pessoas querem aprender algo, elas focam em apenas em uma maneira e pronto. Não faça isso; explore todo o tipo de mídias e você aprenderá as coisas muito mais rápido. Abuse de:

  • Audiobooks
  • Podcasts
  • Resumos escritos à mão
  • Livros e E-books
  • Vídeos no YouTube e Cursos Online

Se possível, utilize elas todas juntas ao aprender sobre algo. O aprendizado de um idioma é perfeito para ilustrar o uso de várias mídias: não aprendemos um idioma apenas estudando um livro. Devemos treinar a audição, a fala, a leitura e a escrita com o maior número de maneiras possíveis.

Estude mais de uma coisa no mesmo dia

Dois livros sobre um carpete branco
Aprenda coisas diferentes alternando entre elas para ser mais produtivo ao invés de aprender uma única coisa.

Pra aprender qualquer coisa mais rápido, você precisa também estar atento ao que você está estudando. Precisa estar focado. Porém, depois de um certo tempo tentando aprender um mesmo assunto, seu cérebro tende a entrar no automático, reduzindo a sua atenção. Ele “cansa” do mesmo assunto.

Um estudo publicado na Educational Psychology Review mostra que é mais produtivo estudar várias disciplinas ao mesmo dia do que estudar apenas uma ou duas. Mas perceba: estudar várias disciplinas no dia não é a mesma coisa que estudá-las todas ao mesmo tempo.

Por isso, crie ciclos de estudo para cada tema com duração de 1 hora ou 2 no máximo e você aprenderá as coisas mais rápido do que se você tivesse estudado 4 horas seguidas um mesmo assunto.

É interessante tentar aprender coisas diferentes porque seu cérebro será forçado a sair de uma zona de conforto para entrar em um terreno totalmente novo.

Escreva um resumo à mão do que você está aprendendo

Caderno de Anotações
Escrever um resumo depois de estudar ajuda a fixar o que você aprendeu

Depois de aprender ou estudar algo novo, escreva à mão um resumo sobre o que aprendeu. Os pontos-chave, os insights, tudo. Tente fazer esse resumo em no máximo 15 minutos, que é o período onde a informação ainda está fresca na sua cabeça.

Você sabia que pesquisas afirmam que escrever à mão nos ajuda a reter melhor as informações? Por isso, escreva seus resumos e aproveite-os para ensinar a alguém o que você já aprendeu, Então você absorverá ainda mais o conteúdo, aprendendo o que você quer muito mais rápido.

Faça metáforas do que você está aprendendo.

Interruptor de Luz
Qual seria a metáfora de um interruptor?

Busque relacionar as coisas que você está aprendendo com metáforas. Este é um método muito eficiente para se fixar um conteúdo. Por exemplo: podemos relacionar o interruptor de liga/desliga do seu quarto para entender o conceito de true e false em programação (de lambuja você aprendeu algo sobre programação agora).

Cuide do seu sono

Cachorro dormindo com o dono
Dormir bem faz parte do aprendizado

Quando você está com sono, você tem o seu rendimento reduzido em até 50%, segundo pesquisas. Você fica mal humorado, cansado, pessimista e só quer ir para casa.

Evite isso dando muita atenção para o seu sono. Para a maioria das pessoas no planeta, uma noite de sono de 7 a 9 horas é a média necessária para alguém acordar renovado no dia seguinte. Claro que essa não é a regra(sempre há exceções), mas se você faz parte da maioria (assim como eu), programe-se para dormir e acordar sempre nos mesmos horários para ter uma máxima performance durante o dia nos seus estudos.

Uma boa noite de sono te deixa mais focado, menos estressado e você acaba retendo mais informação, aprendendo assim coisas muito mais rápido.

Faça exercícios

Pernas Correndo
Movimente o seu corpo para absorver melhor as informações

Além de te deixarem com a saúde em dia e evitarem o estresse, os exercícios te ajudam a absorver melhor as informações do seu aprendizado. Eles:

  • Melhoram sua memória
  • Melhoram sua função cerebral
  • Aumentam a quantidade de serotonina - o hormônio do bem-estar - no seu corpo
  • Previnem doenças como diabetes, câncer, etc.
  • Melhoram o seu sono
  • Reduzem drasticamente o estresse
  • Melhoram o seu humor.

Ou seja, não adianta só ficar sentado tentando absorver conhecimento. Mexa seu corpo e ganhe mais energia para aprender melhor e ter uma boa qualidade de vida.

Repetição Espaçada

Repetição Espaçada
Revise seu aprendizado depois de alguns dias para reforçar a fixação

Segundo pesquisas, revisar o aprendizado mostra melhores resultados na retenção do conhecimento. Portanto, se você quer transferir o conhecimento da memória de curto prazo para longo prazo, você precisa criar sistemas de Repetição Espaçada.

A repetição espaçada é uma técnica de aprendizado onde você revisa a informação que já aprendeu depois de certos períodos de tempo. Imagine só que você começou a aprender algo: no dia seguinte você já deve revisar esse conteúdo que acabou de aprender. Depois você faz uma próxima revisão depois de 2 dias. Faz uma segunda revisão depois de 5 dias. Uma terceira daqui uma semana. Uma outra daqui um mês.

Mas por que repetir tanto?

Quando acabamos de aprender algo, dificilmente nos lembramos destas coisas depois de um certo tempo. Isso acontece porque não utilizamos esse conteúdo na prática. Pode ser um idioma, uma linguagem de programação ou até mesmo o controle remoto da tv - se você não utilizar a prática deliberada, esse conteúdo irá sumir da sua memória.

Esse fenômeno chamado Curva do Esquecimento: ele descreve a velocidade em que você esquece algo depois que o aprende pela primeira vez ou depois de revisar. A curva começa logo depois que você aprende algo. Ou seja, você começa a esquecer algo lentamente depois de aprender. A boa notícia é que essa curva do esquecimento pode ser contida pela revisão dos assuntos estudados em intervalos específicos.

Uma ferramenta muito boa para se estudar utilizando a repetição espaçada são os flashcards. Flashcards são pedaços de papel onde você anota algo que quer aprender utilizando os dois lados do card.

Na frente você pode escrever o nome de algo e atrás o seu significado. Na frente você pode escrever “horse” em inglês e atrás desenhar ou escrever “cavalo”. Existem cards físicos e digitais - particularmente gosto de utilizar ambos. Seguem abaixo alguns sites/apps para a criação de flashcards:

  • Tinycards - É um site/aplicativo pertencente ao Duolingo onde você pode criar os seus próprios flashcards e ver os de outras pessoas também. É bem fácil de se utilizar.

  • Memostack - Outro site/aplicativo onde você também pode criar os seus próprios flashcards. Gosto muito da sua interface minimalista e pela função incrível de te mandar um e-mail para te avisar que está na hora de sua próxima revisão.

  • Anki - É o mais famoso da lista. Muitas pessoas já utilizam o Anki pelo mundo afora e gostam dele. Ainda não tive a oportunidade de testá-lo.

Não seja multitarefa

Multitasking
Definitivamente este não é um comportamento saudável.

Há pessoas que tentam estudar enquanto ouvem música, mexem no celular, assistem tv ou falam com outras pessoas. Elas se enganam: não fazem nem uma coisa nem outra direito.

Estudos mostram que pessoas que acham que executam muito bem várias coisas ao mesmo tempo na verdade não as executam bem coisa nenhuma.

Concentre-se no que você está fazendo. Se escolheu aprender algo, dedique-se apenas a isso no momento que você reservou pra isso.

Normalmente, o que eu uso para focar é:

  • Desligo o celular.
  • Fecho todas as abas do navegador que não sejam sobre o tema que eu estou estudando (em caso de cursos online ou tutoriais na internet).
  • Uso um plugin para o Chrome ou Firefox que bloqueia certos sites (Facebook, Instagram, etc.).
  • Desligo a televisão ou o rádio.
  • Aviso as pessoas em volta que não estou disponível durante o meu período de estudo.

Utilize mnemônicos

Sigla SMART
Criar siglas são importantes para reter o aprendizado

Praticamente todas as áreas do conhecimento possuem informações que são difíceis de se memorizar. Seja uma lista ou um fato, criar mnemônicos é algo que te ajuda a absorver melhor a informação.

Mnemônicos são um conjunto de técnicas utilizadas no aprendizado que utilizam gráficos, símbolos, siglas, músicas, palavras, esquemas ou frases relacionadas com o assunto que se pretende aprender ou memorizar.

Leia o que você quer aprender em voz alta.

Mão segurando microfone
Diga em voz alta os conceitos que aprendeu

Muitas pesquisas dizem que ler a informação que você quer aprender em voz alta ajuda a aprendermos mais rápido.

Isso é explicado porque você lê e ouve ao mesmo tempo, utilizando dois sentidos ao mesmo tempo. Claro que você não lerá todo o conteúdo, portanto, leia em voz alta apenas os conceitos chave do que você acabou de estudar.

Uma outra técnica para se aprender as coisas mais rápido é gravar a si mesmo falando sobre o assunto. Você pode usar o microfone do celular para fazer isso, por exemplo. Acostume-se a gravar tudo o que aprender e isso logo se tornará um hábito.

Beba muita água

Rapaz Bebendo Água

Estudos mostram que a desidratação diminui a capacidade mental de processar informação, podendo até mesmo encolher o cérebro(!).

Portanto, beba pelo menos 8 copos de água por dia. No mínimo.

Coma bem

Prato de Verduras

Tenha uma alimentação regrada e coma bem. Prefira proteínas. Consuma Ômega 3.

Medite

Homem meditando entre montanhas

A meditação é a porta para o entendimento de si próprio. Para o aprendizado, ela traz tranquilidade, compreensão e ação.

App Calm Caso você nunca tenha praticado a meditação, que tal começar com um aplicativo? Eu indico o Calm, que tem uma interface bem fácil de se interagir e ótimos instrutores de meditação.

Pratique todos os dias

Homem praticando arco e flecha

Tente separar um período do seu dia para a prática. Não adianta nada aprender algo e não utilizar. Faça testes, brincadeiras, simulados, etc. - coloque o seu conhecimento em prática. Se for um idioma, escreva, ouça, fale, leia coisas escritas nesse idioma. O conhecimento só é válido quando leva à ação.

Por isso, tenha um período do dia para praticar o que está aprendendo. Sempre. É melhor meia hora de estudo com meia hora de prática do que duas horas de estudo sem prática.

Woody Allen disse uma certa vez: “90% do sucesso se baseia simplesmente em insistir”.

Pratique todos os dias.

Conclusão

Este não é um post completo. Coloquei nele tudo o que já utilizei durante os anos para aprender coisas novas. E caso eu tenha novidades em relação a esse assunto, atualizarei este post com elas.

Espero que você tenha tido bastante insights sobre como aprender melhor e que isso te faça entrar de cabeça naquele desejo de se aprender uma coisa.